O poder das palavras

Certa vez assisti a um documentário chamado: “Quem somos nós?” e lembro de uma experiência realizada por alguns cientistas à respeito do poder das palavras.

Foram feitas análises da molécula de água em contato com a vibração de algumas palavras, tais como AMOR e ÓDIO.

No primeiro caso a molécula apresentou características morfológicas harmônicas. Já no segundo, a molécula de água apresentou distorções.

Partindo do pressuposto de que o corpo humano é composto de 70 a 75% de água é possível compreender a razão de sermos diretamente afetados pela força das palavras que proferimos ou ouvimos diariamente.

E não é só isso.

Quantas pessoas brilhantes foram ofuscadas porque um dia alguém o rotulou de incompetente?

Quantas crianças inteligentíssimas enterram seus talentos em  decorrência de uma crítica insensível?

Quantos relacionamentos são destruídos por palavras mal colocadas e ofensivas?

Quantas amizades são desfeitas em consequência de fofocas e intrigas?

Quantas pessoas são humilhadas em sua reputação como resultado de comentários mentirosos e maldosos?

A esse respeito trago para reflexão um texto de autoria desconhecida denominado “As três peneiras de Sócrates”:

Consta que um homem foi ao encontro de Sócrates levando ao filósofo uma informação que julgava do seu interesse:

– Quero contar-te uma coisa a respeito de um amigo teu!

– Espera um momento – disse Sócrates – antes de contar-me, quero saber se fizestes passar essa informação pelas três peneiras.

– Três peneiras? Que queres dizer?

– Vamos peneirar aquilo que queres me dizer. Devemos sempre usar as três peneiras. Se não as conheces, presta bem atenção. A primeira peneira é a peneira da VERDADE. Tens certeza de que isso que queres me dizer é VERDADE?

– Bem, foi o que ouvi outros contarem. Não sei exatamente se é verdade.

– A segunda peneira é a BONDADE. Com certeza, deves ter passado a informação pela peneira da BONDADE, ou não?

-Envergonhado, o homem respondeu:

– Devo confessar que não.

– A terceira peneira é a da UTILIDADE. Pensastes bem se é ÚTIL o que viestes falar a respeito do meu amigo?

– Útil? Na verdade, não.

– Então, disse-lhe o sábio, se o que queres contar-me não é VERDADEIRO, nem BOM, nem ÚTIL, então é melhor que guardes apenas para ti.

Simples e complexo assim!

Francine Maria Carreira Marciano

Sobre blog Mosaico Prosaico

Advogada especialista em Direito do Consumidor, observadora, curiosa e aprendiz!
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

11 respostas para O poder das palavras

  1. bhmachado disse:

    “Se o que tem a dizer não é mais belo que o silêncio, cale-se.”
    Autor desconhecido.

    E é bem verdade…

  2. Complemento perfeito ao post! Valeu, Bruno!

  3. Quanta gentileza disse:

    Muito boa essa história, Fran! É o tipo de história pra gente colocar em prática no dia a dia antes de abrir a boca e falar alguma bobagem desnecessária…
    Beijos

  4. bhmachado disse:

    “Palavras”…veja que interessante: você é advogada, eu sou jornalista. Em nossas profissões, temos de ter um cuidado REDOBRADO com as tais palavras, uma vez que fazemos delas nossa “espada”(batalhas forenses, batalhas editoriais), concorda? Sem elas – ou quando mal dosadas -, estamos arruinados.

  5. Pois é…Cuidado redobrado. Palavras elevam, palavras destroem. O segredo está na sabedoria da escolha. Muitas vezes, o silêncio é mais eloquente que mil palavras!!!

  6. bhmachado disse:

    “Uma pessoa madura reflete antes de falar; um tolo fala, e então reflete sobre aquilo que disse.”
    Autor desconhecido.

    Essa também é “de lascar”….rsrsrsrsrsrs.

  7. Edson disse:

    olá pessoas… este mês de Fev. está foda (sorry… rs)… estou tentando colocar as notícias em dia…

    De qualquer forma… palavras são palavras e sem atos e ações também se tornam vazias…
    O que quero dizer é que não basta utilizar a peneira somente no momento que formos falar. Tão importante quanto, é utilizar o crivo também quando nos tornamos receptores. Como ouvintes de palavras, devemos filtrar o que é Bom, Verdadeiro e Útil. Tanto de Advogados… rsrs quanto de Jornalistas… rsrs e principalmente de Vendedores… rsrs como eu… rsrs

    Abraços…

  8. Salve simpatia!!! Que bom que retornou, meu amigo!!!
    Adoro seus comentários!!!
    Hehehe. Lendo isso lembrei que no voo SP/Madrid talvez vc não tenha tido opção…
    Alugou seu ouvido por 12h (e sem peneiras).
    Obrigada pela gentileza!

  9. bhmachado disse:

    Que privilégio, Edson…

  10. Edson disse:

    Olá Fran… vindo de você não há necessidade de peneiras… é sempre Bom, Útil e o mais importante… Verdadeiro.

    abraços e bom fds para todos!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s